oi =}

"Não cobiço nem disputo os teus olhos, não estou sequer à espera que me deixes ver através dos teus olhos, nem sei tão pouco se quero ver o que vêem e do modo como vêem os teus olhos. Nada do que possas ver me levará a ver e a pensar contigo se eu não for capaz de aprender a ver pelos meus olhos e a pensar comigo.
"
(Iniciação - Ademar Santos)

26 de junho de 2013

Vem

Espero por alguém que não desista de mim, que tenha memória suficiente pra se lembrar do seu interesse inicial e preserve isso naqueles momentos em que dá vontade de ir embora. 
Espero alguém que não prometa nada que não pode, que diga sim com verdade e que diga não com tranquilidade, que não me torture com o talvez. 
Espero por alguém que tenha orgulho de mim, que não me esconda, que me ache uma conquista, mesmo quando eu não me acho grande coisa, que é na maior parte do tempo. 
Espero por alguém que se envolva na minha vida e que deixe eu me envolver na sua. 
Espero por alguém que me faça ser a filha que a sua mãe não teve, que me torne mais amiga dos poucos amigos que eu tenho.
Espero por alguém que seja humano, que tenha medo pra não ser prepotente mas nem tanto pra não ser covarde.
Espero por alguém que perdoe minhas antipatias e aguente minhas chatices.
Espero por alguém que não tenha vergonha de me chamar atenção, e que me chame de idiota quando realmente estou sendo.
Espero por alguém que se incomode com minha comodidade e que faça eu me mexer, que me empurre do tédio, que me dê tapas na cara, metaforicamente.
Espero por alguém me ame mesmo quando me odeia.
Espero por alguém que me irrite rindo pra eu poder reclamar rindo.
Espero por alguém que me faça concordar com o que está pensando só de olhar pra mim.
Espero por alguém que me apresente coisas interessantes que eu dificilmente encontraria.
Espero por alguém que procure as minhas mãos pra andarmos de mãos dadas.
Espero por alguém que me faça largar o ódio de telefone só porque ouvir a voz e sentir a presença por perto compensa tudo.
Espero por alguém que beije meus olhos e que se encaixe perfeitamente no meu abraço.
Espero por alguém que não goste das mesmas coisas que eu, mas ache legal eu gostar delas.
Espero por alguém que possa rir de besteiras, me mostrar as besteiras pra eu rir e falar que são besteiras.
Espero por alguém que converse sobre suas frustrações, que tenha crises e que chore.
Espero por alguém que não se sinta completo, porque eu também não me sinto.
Espero por alguém que me torne o melhor que posso ser.
Espero por alguém que ame tanto a Deus quanto eu.
Espero por alguém que me aproxime de Deus.
Espero por alguém que junte seu propósito comigo.
Espero por alguém que seja tudo isso, porque tudo isso também é tudo aquilo que eu quero ser.

Inspirado no texto: "Venha, por favor" de Carpinejar.

2 comentários:

  1. Que texto lindo, Talita! Chorei. Vou postar no meu blog (com os devidos créditos), tá? Beijos

    ResponderExcluir

Leu? Já fez o mais difícil! Agora comenta, vai! =)